Últimas

Participantes

Participar

Sponsors

O que Dizem de Nós

Últimas

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

UM SOFÁ ADAPTADO À "VIDA MODERNA"


Desenvolvido por um estudante de design, este projeto aborda o tema da globalização e as rápidas mudanças de estilo de vida que acompanham. Estes incluem mudanças frequentes de apartamentos, lutas e despesas de mudança, bem como a escolha dos pertences a serem adotados. 80% do tempo, o sofá é deixado para trás na altura das mudanças, principalmente devido ao seu peso, tamanho e custos de movê-lo.



Para evitar custos e inconvenientes para as pessoas que se deslocam e para reduzir o uso de recursos, Raz Omer criou o conceito do sofá modular insuflável "Naja", montado em apenas seis etapas, e nuns rápidos 3 minutos. A estrutura leve e o assento insuflável vêm num saco que torna mais fácil e útil mover um confortável sofá de dois metros. O conjunto da estrutura é completado em cinco etapas e funciona sem parafusos ou ferramentas de trabalho.


O sofá consiste em quatro elementos de alumínio leve e uma parte de assento insuflável.  O assento é feito de PVC soldado, coberto por tecido de neoprene, dando ao sofá uma superfície confortável que é à prova de água e protege o PVC de danos. Devido à sua modularidade, vem em tamanhos diferentes de acordo com as necessidades ou o tamanho do apartamento, em seis cores diferentes de tecido para escolher. Além disso, a estrutura mantém inserções de madeira nas pernas que podem ser personalizadas, juntamente com a cor da estrutura.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

CÂMARAS FOTOGRÁFICAS ICÓNICAS REINTERPRETADAS POR LEE JI-HEE


O artista coreano Lee Ji-hee recriou em esculturas de papel à escala real as mais populares máquinas da história da fotografia. Neste seu recente corpo de trabalho pode reconhecer-se desde a Leica Iiif 35mm, de 1952, com a sua enorme cabeça de flash, passando pela Tropen Adoro, de 1927, famosa pela sua marcante forma de acordeão, até à irreverente Super Kodak SiX, de 1938, entre muitas outras.


LEICA IIIf red dial, 1952


VIDAX, 1948

SUPER KODAK SIX-20, 1938

O artista construiu ao detalhe os mecanismos das máquinas, recorrendo a técnicas de papel dobrado. Poder-se-iam apelidar de recriações hiper-realistas não fossem as cores escolhidas pelo artista romper totalmente com as originais cores preta, castanho ou cinza destes equipamentos. Ji-hee deu-lhes uma ropagem mais pop ao usar papeis amarelos, azuis, laranjas, rosas e padrões variados.

Aqui está um bom exemplo onde o Design e a Arte são bons aliados.


quarta-feira, 26 de julho de 2017

BEBER UM CAFÉ EXPRESSO NUMA ANZA É TODA UMA EXPERIÊNCIA


A máquina de café “Anza” foi um daqueles projectos que ficou muito tempo nas gavetas do estúdio de Design Montaag, sedeado na Califórnia, e que agora vê finalmente a luz do dia!

Esta inusitada máquina de café é feita em materiais que raramente encontramos em equipamentos de cozinha, e muito menos, em máquinas de café expresso: cimento e corian.


A o arrojo da reinterpretação da equipa de Montaag transformou este acessório de cozinha numa peça central e estrutural desta divisão, trazendo também valor acrescentado a quem bebe um café saído desta lindíssima peça de design.

Mas há mais: as “Anza” estão equipadas com dispositivos de conectividade, permitindo ao usuário acesso remoto às mesmas, integração de IOT e a possibilidade de programação de acordo com o perfil e hábitos de café do utilizador.



A partir do próximo mês de Agosto, as “Anza” podem ser encomendadas na plataforma de crowdfunding kickstarter e estão disponíveis a partir de 2018.


segunda-feira, 17 de julho de 2017

MOBILIÁRIO COM SABOR A VERÃO


Parte de Unplugged, uma coleção de peças de mobiliário feitas à mão, a mesa Lunapark, de Alessandro Zambelli para a Secondhome,  é feita de um precioso vidro de murano. Com uma grande técnica de artesanato, os designers adotaram uma técnica especial na qual placas de vidro são derretidas e moldadas.


Inspirada em festivais, verão, gelados e alegria desmedida, o resultado é um look pop irresistível, com linhas fluídas, em cores surpreendentemente brilhantes. Graças à sua técnica de produção especial, o vidro da Lunapark flui em curvas que definem a forma da mesa e, como açúcar derramado, contém pequenas bolhas de ar que tornam a superfície inesperadamente macia e aveludada. Ao mesmo tempo, tal como um material fluído, o vidro cede suavemente à forma necessária, dobrando para definir os elementos estruturais de suporte da mesa.



Em termos de cores, a Lunapark é uma peça de mobiliário totalmente customizável, sendo possível escolher entre uma extensa paleta com tons neutros ou subtis, bem como tons vivos e exuberantes.

Todas as imagens de Serena Heller.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

UMA NOVA ABORDAGEM À MÁQUINA DE RUBE GOLDBERG


Num mundo cada vez mais complicado, onde as atividades aparentemente simples envolvem uma infinidade de interações demoradas, o artista londrino Kyle Bean, em colaboração com o fotógrafo Jonathan Knowles e o diretor de arte, Lauren Catten, apresentam um visual atualizado e contemporâneo da maquina Rube Goldberg.



Famoso por ser o único homem a ter seu nome transformado num adjetivo, Rube Goldberg é conhecido pela criação de desenhos animados de máquinas complicadas projetadas para completar tarefas simples. Procurando capturar a natureza precária de como uma ideia se manifesta na realidade, o projeto de Bean, Knowles e Catten reflete conceitos como inovação, risco, trabalho em equipa e colaboração, além de fornecer uma mensagem subjacente ao fracasso desses empreendimentos.



A criação de uma estética de iluminação clara e nítida em todo o projeto permite uma clareza de detalhes que satisfaz a complexa máquina de Rube Goldberg. Além disso, capturada numa paleta pastel com um tratamento moderno, a filmagem focada uma seleção de máquinas feitas pelo designer Kyle Bean, usando diferentes texturas e adereços para trazer intriga e originalidade à apresentação da ideia.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Chá Chá -Chá de Daiena Dâmaso




A ilustradora  Daiena Dâmaso, uma das participantes da próxima edição do THE PITCH MARKET Lisboa, tem patente até o próximo dia 27 de Julho a exposição “Chá Chá Chá”, no espaço Double 9, em Lisboa.

Nesta mostra, Dai (nome pelo qual é conhecida no meio artístico) apresenta um núcleo de nove obras através das quais revisita a história do Chá.




Conta a lenda que uma folha oblonga, escura e lustrosa se desprendeu de um arbusto de Camellia Sinensis e caiu subtilmente na taça com água fervida de Shen Nong, o imperador chinês também conhecido como o Deus da Agricultura. Quatro mil anos depois, uma tempestade induz Fernão Mendes Pinto, mercador ao serviço do rei de Portugal, a atracar a sua nau em terras nipónicas, onde habilmente introduz o comércio das armas e se aventura nos exóticos costumes locais.



A história acrescenta ainda uma infecção na garganta que atormentava a Rainha Consorte do Reino da Inglaterra, Catarina de Bragança, que após rejeitar as cerveja recomenda pelos médicos, exigiria em espanhol uma chávena de água fervida temperada com especiarias, criando um grande rebuliço na corte inglesa.

Algumas destas personagens e histórias podem ser percebidas nestes novos trabalhos de Daiena Dâmaso.



segunda-feira, 19 de junho de 2017

ILUMINAÇÃO DE EXTERIOR


É de boas parcerias que se fazem memoráveis imagens e projetos, e por isso, quando a Kate Gould Gardens pediu à Anglepoise para fornecer lâmpadas da sua nossa nova coleção de exteriores, para melhorar a sua apresentação na City Living, em Chelsea, essa oportunidade foi devidamente aproveitada.


Um inspirador jardim fresco serviu como cenário para aqueles que já eram, em menor tamanho, os candeeiros de eleição de muitos amantes do design. Disponíveis em candeeiro de chão e lâmpadas de parede, estes simples mas marcantes acessórios de design tornam-se esculturas iluminadas e brilhantes dentro das áreas de estar tranquilas do jardim.


Em cores divertidas como o azul, o laranja e o rosa, esta Original 1227™ Giant Outdoor Collection promete ser um sucesso e continuar a fazer parte da wishlist de muitos de nós!